Ao vivo

Sergio Marone dispara sobre ecossexualidade: "Nadar pelado no mar"

Em entrevista, o apresentador explicou que "sente prazer com coisas simples" e que não tem vontade de se relacionar com quem não tem pensamento ecológico

Sergio Marone dispara sobre ecossexualidade: "Nadar pelado no mar"

Redação

há 21 dias

Sergio Marone voltou a falar sobre sua ecossexualidade, o que, segundo ele, indica "sentir prazer com as coisas simples da vida". Em entrevista ao jornal O Globo, o apresentador explicou melhor a sua conexão com o meio ambiente

"Quando eu me deparei como esse termo na internet, eu me identifiquei na hora. O ecossexual nada mais é do que uma pessoa que sente prazer em coisas simples da vida. Abrir a janela e sentir uma brisa no rosto, nadar pelado no mar, andar descalço na grama, deitar, rolar na grama, andar numa areia da praia... São pessoas que têm prazer em se relacionar com a natureza, e eu sou essa pessoa. Fui perguntado sobre isso por um jornalista. A matéria reverberou, e o termo ficou entre os mais buscados do Google durante uma semana. Eu adorei, a gente conseguiu furar a bolha e conectar com a massa", explicou ele.

O ator ainda contou que faz uma "seleção natural" dos amigos e interesses amorosos que não se envolvem com questões ecológicas. "Eu não sou aquele cara que fica chamando atenção, mas, quando estou com amigos, faço alguns comentários, tipo: 'Onde você bota o lixo?'. Se a pessoa não separa o lixo, já fica uma coisa ali no ar. Não sou de ditar regras, mas de dar dicas e deixar no ar. E claro que você acaba fazendo uma seleção natural. Tenho pouquíssimo interesse em me relacionar com pessoas que não tenham essa conscientização".

"Quando eu vejo uma pessoa alienada, desconectada da realidade, perco bastante o interesse de me relacionar com ela, tanto em termos de amizade quanto em uma relação amorosa", completou ele.

Veja também